sábado, 15 de dezembro de 2012

Garota eu vou pra Oxnard!

Momento de atualização aqui no blog!

Então, quando eu fiz o match com a minha família a informação que eu tinha era a seguinte: moramos em Ohio e compraremos uma casa em Ventura-CA. Ótimo né? Ventura é uma cidade linda, pertinho de L.A., praia, cultura, tudo que eu queria...Porém essa semana, logo depois de tirar o visto, recebi um email dos meus host parents falando que encontraram uma casa da qual gostaram muito em Oxnard-CA!


Não foi uma mudança assim tããão significativa, afinal Oxnard é do ladinho de Ventura (e inclusive uns minutinhos mais perto de Los Angeles). A cidade tem 200 mil habitantes (100 mil a mais do que Ventura :P) e tem montanha, praias, parques...

Minha casa não é uma mansão, mas parece muito aconchegante e eu gostei da localização! É pertinho de um parque pra eu levar o baby, perto da estação de ônibus, tem um shopping center perto também, e caminhando 20 minutos eu chego no McDonalds, Subway, Pizza Hut e outros restaurantes! O bairro é totalmente estilo americano, e melhor: estilo americano anos 60/70 :) ... Ah! E a casa tem uma árvore de macadâmia (seria uma macadamieira? hahahahaahah), uma bananeira (!!!) e outras frutas que não sei quais são :P Meu quarto tem uma porta pro jardim e não tem banheiro dentro, mas terei um banheiro só pra mim. Eu adorei!
a árvore de macadâmia na frente da casa! beijo pro street view
Além disso a cidade é cheia de museus que eu amei e que estou louca pra visitar, foi cenário de alguns filmes famosos (nenhum muito recente , só a propaganda do CCAA com a Megan Fox hahaha, e o De Volta para o Futuro III!), tem muita influência latina, como toda a California... Há o Festival da Salsa (acho que é mexicano) e o Festival de Morangos <3 AMO morango e a cidade é a maior produtora do estado!!! Tem ônibus 10 vezes por dia para Los Angeles e, pelo que entendi, 6 vezes por dia para São Francisco. É pertíssimo de Camarillo (que tem um complexo de outlets super famoso!) entre muitas outras coisas legais por perto.

Posso dizer que é exatamente o que eu queria: uma cidade que não é super badalada mas é cheia de eventos light, que são meus preferidos, e com carinha americana!


Um videozinho pra entrar no clima:



Agora é preparar para fazer as malas...

See you :)

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

I GOT MY VISA + dicas


I'm not a terrorist! HAHAHA... finally!

Então, depois de uma grande saga pra chegar até São Paulo, eu finalmente got my visa! Foi muito mais fácil do que eu pensei e muito diferente do que eu havia imaginado. Meu namorado foi junto comigo e também já tirou o visto de turismo dele *-*

Cheguei em São Paulo no domingo bem cedo... e de lá fui direto pro CASV Vila Mariana. Esperei bastante mas apesar do cansaço foi bem tranquilo. De lá fui pro hotel Ibis Budget e passei o dia no Shopping Morumbi, em frente ao hotel...só passeando mesmo né, porque comprar tava difícil :P

Voltei pro hotel, conferi umas 30 vezes todos os documentos, coloquei o celular despertar as 6:30 e tentei dormir. Capaz que precisou do celular né? As 4:00 da manhã lá estava eu pensando na entrevista... cochilei e acordei de novo as 6h, e aí levantei. Me arrumei, chamei o namorado, tomamos café e fomos para o consulado apé, uns 10 min do hotel.

Chegando lá havia uma fila enorme já... e logo chamaram meu horário pra entrar... no caminho encontrei a Cristina Ceccon mas o horário dela era só depois, só deu tempo de lançar aquele "Oi" básico e o olhar solidário de "estamos na mesma". Passei pra outra fila e lá encontrei outra aupair da CC, a Manoela. Ficamos juntas na fila e conversamos um pouco... porque parece que nem tinha muito assunto a não ser reclamar do sol, da falta de organização do negócio e rezar pra sair logo dali com o visto em mãos! E aquela fila não andava nunca e a gente ficando cada vez mais nervosas...

Quando chamaram pra entrar fiquei sem reação: não era NADA do que eu imaginava! O lugar parecia um galpão, garagem, sei lá... umas moças gritando as senhas... você ficava numa fila na frente dos guichês, escutando a conversa de todo mundo com o cônsul. Eu jurava que seria numa salinha silenciosa, sei lá! Pensei: Ferrou, não vou entender nada!

E aí chegou a minha vez!!

C: Motivo da viagem?
PAM: Aupair
C: Cuátos aos? (entendi isso)
PAM: desculpa, você pode repetir? (pensei: perdi ¬¬)
C: Quantos anos?
PAM: 22
C: No que você trabalha?
PAM: Sou professora de inglês em Santa Catarina
C: Você é formada?
PAM: Sim, em Letras Inglês. (nessa hora ele já tinha assinado!!!)
C: Você é de São Paulo é isso?
PAM: Não, sou de Santa Catarina
C: Ah ok, coloca a mão esquerda ali. Seu visto foi aprovado. blablabla, digita digita...
PAM: Obrigada! *-*


E foi isso! Tudo em português, nada de documentos, super easy! Fiquei por ali esperando meu boy, logo passou a Manoela e o dela também foi fácil fácil! Aí meu boy veio, bobo como sempre fazendo sinal de que não tinha dado, como já conheço ele bem eu sabia que tava tudo certo e corremos pro abraço! hahaha. Passamos o dia no shopping comemorando, nunca comi tanta besteira na vida! Fomos pra rodoviária e descobri que o da Cristina também tinha dado certo, YAY *-*


E agora vou colocar aqui umas dicas pra quem vai tirar o visto (sim amiga, esse post AINDA não acabou!)


  •  É tranquilo arrumar toda a papelada do visto sozinha, só precisa ter um tempo livre e muita atenção;
  • Antes de marcar, combine com outras meninas pra irem na mesma data, fica muito mais fácil com companhia!
  • Antes do CASV abrir o pessoal faz uma fila que simplesmente NÃO EXISTE!!! Tinha gente das 5 da tarde esperando lá... e na verdade na hora de entrar eles chamam pelo horário (tipo: pessoal da 1:15 pode entrar!) então não faz sentido ficar naquela fila do lado de fora... chegue uma meia hora antes pra garantir  e espere chamarem seu horário!
  • Tem umas pessoas que ficam se oferecendo pra ver seus documentos e imprimir o que faltou nessa fila fantasma do CASV, eles NÃO trabalham para o CASV, apenas querem ganhar dinheiro com quem esqueceu algo (cobram $20 pra imprimir uma folha!)
  • Vale muito a pena ficar no hotel Ibis Budget! Se você tiver mais dinheiro fica no Ibis do lado desse... mas se quer economizar, combina com mais 2 meninas de ficar nesse! Sai R$150 pra 3 pessoas (sem breakfast), tem uma cama de casal e uma de solteiro em cima, tv e banheiro limpinho. Atravessando a rua tem o Shopping Morumbi e o Shopping Market Place, então dá pra comer de boa... e passear! E o melhor: de lá você vai apé pro consulado, 10 minutos de caminhada! No próprio hotel eles te dão um mapa de como chegar no consulado, super easy!
  • Chegar no consulado uns 40, 45 minutos antes tá pra lá de suficiente! É a mesma coisa que no CASV, eles liberam a entrada por horário... 
  • Pra se locomover por lá é muito fácil ir de metrô, pegue as informações no google maps e nos grupos do facebook, e qualquer coisa pergunte pra atendente do shopping (aquelas que ficam pra dar informação mesmo) Eu perguntei na do Shopping Morumbi e ela escreveu numa folhinha todos os passos que eu tinha que seguir, uma querida!
Se alguém quiser saber o trajeto EXATO que eu fiz no ônibus e metrô e táxi, é só pedir nos comentários que eu explico, que já deu esse post né gente!!! 

Agora é arrumar as malas e Califórnia here I go!!!

See ya ;)


terça-feira, 27 de novembro de 2012

Em busca de presentes baratos - parte 1

Esse post deveria se chamar "Kit Embratur", mas quis ser sincera...

O Kit Embratur é uma caixa de materiais oferecida pelas secretarias de turismo para quem está indo ao exterior.  Há relatos de épocas remotas em que esse kit continha coisas legais, como camisetas, bonés, chaveiros, canetas e outras bugigangas... tão legais que você economizava seus centavos e ainda impressionava a host family... Mas hoje em dia não é mais assim... apenas nos restam relatos chorosos de meninas que receberam um horroroso livreto que sequer estava em inglês, junto com cartazes de lugares que  nunca visitaram...

Mesmo assim, eu como boa aupoor que já sou, fui em busca do meu kit. Percorri milhares de informações google  e descobri que a maioria das meninas havia mandado um email para o Ministério do Turismo, e que muitas vezes eles pediam que comprovassem os dados do vôo e tudo mais antes de enviar. Mas também encontrei meninas que receberam o kit antes mesmo de ter o match, pensei: não me custa nada enviar um email né? E aconteceu que entre blogs e mais blogs eu achei o blog da Wellem! A Wellem vai embarcar em Janeiro assim como eu, e já pediu e recebeu o kit dela. No blog estão listados os emails das secretarias de turismo de todos os estados! Muito obrigada Wellem por fazer esse post super útil!

Peguei os emails do blog dela e mandei para o Ministério e para as secretarias de SC, PR e RS... que são as mais próximas de mim. Resultado: Já recebi o kit do Ministério e  de SC e o do PR também está vindo!
Importante: no email que mandei escrevi meu nome, o porque de eu estar solicitando o kit, falei que queria mostrar pra minha host family e tal, falei o lugar que eu vou morar, quando é minha viagem, quanto tempo ficarei lá e a agência... não me pediram nada sobre o vôo!
Segue o que veio nos kits:

do Ministério de Brasília: A tal da Vanessa me respondeu super simpática, me disse que o kit tava vindo meio pobrinho e perguntou se eu queria mesmo assim, e eu quis... e veio isso:

cartaz, mapinhas livrinhos com pontos turísticos, tudo em inglês

de SC: nunca me responderam, só mandaram o kit direto e veio isso:

livro com história e pontos turísticos, livro sobre esportes, livro sobre florianópolis, mapas de bolso em formato de passaporte, cartões postais, mapa de SC, livro com mapas e rotas turísticas
O de Brasília realmente veio pobre, e nem recebi nada sobre a Copa como tinham falado! Mas veio tudo em inglês... E o de SC eu adorei! Os livros são muito legais e bonitos... tem fotos, informações turísticas, endereço e email dos hotéis! Adorei mesmo... tenho foto pessoal em vários dos pontos turísticos que mencionam ali... Tem muita coisa legal MESMO... vou levar 1 guia pra host, o livro de esportes radicais pro host (ele adora e já morou no Brasil), aqueles que parecem passaporte vou levar pro resto da família, quando tiver ocasião... vou dar 1 guia bonito pra LCC (ela gosta da América Latina) e os outros guias menores vou guardar comigo, quem sabe pra alguma menina no treinamento, ou quando eu começar a estudar, algum outro parente dos hosts sei lá... mas fiquei bem feliz mesmo.

Agora  vamos ver se vai vir o do PR! Ah, só o que veio em português foram esses folders do Beto Carrero e os cartões postais. (que veio 22!!!) acho que foi meio aquela coisa: não temos mais onde enfiar isso, vamos mandar pra essa menina!

Ps. Desculpa essa imagem terrível, tava sem câmera na hora, tirei da webcam :P

E é isso,... permaneço esperando o visto, faltam 2 semanas pra eu ir pra SP!

See you

Pam

sábado, 17 de novembro de 2012

Comunicação com a family - Trocando emails

Hello aupairzada! Hoje vou falar um pouquinho sobre a comunicação com a host family, antes e depois do match. Eu tive a sorte de as duas famílias que falaram comigo pela CC entrarem rapidinho em contato, e vou mostrar pra vocês as coisas que fui conversando com elas...


A família entra no perfil

Momentos de tensão né? Dá aquele frio na barriga, vc não sabe direito o que pensar... E na CC temos o recurso de mandar uma mensagem pra família, pelo app. É uma mensagem curta, mas se você souber aproveitar ela deixará uma boa impressão na família, e um gostinho de "quero saber mais sobre essa girl"! Vejam o que eu mandei pra minha família (e saiu match hein!):



Hello M* Family!
Thank you for reading my profile. I read yours and I really liked the information about you. Soon I'll download my video and you'll see me in action with the kids :)
I am very curious about you and I think we could be a great match! Please feel confortable to ask me anything. If you want you can contact me by email, or by skype this weekend. S* is adorable, I'm sure he is discovering a new thing day by day, I think this age is amazing.
I hope to hear from you soon! Pam


Sim, fui rápida e rasteira, como se diz na minha região. Já fui logo falando a palavra match e marcando um skype! Deixei claro que queria saber mais sobre eles, falei sobre o baby, fui toda cute, quem não iria querer me responder depois dessa mensagem??? hahahaah. Perceba que eu ainda não tinha colocado o vídeo, mas já fui dizendo que logo eles me veriam em "ação com as kids". Logo eles me responderam dizendo que tinham me adorado e marcaram um skype!

Depois do primeiro skype

E você pensou que estava nervosa antes né? Mas agora sim você descobriu o que é nervosismo de verdade! Rolou aquele skype lindo, você se atrapalhou toda, não entendeu várias frases, e mesmo assim tá sorrindo de orelha a orelha. Esse é o momento de compartilhar o sentimento com eles, e de quebra descobrir o que eles acharam de você! Segue o email que mandei logo após o primeiro skype:

Hello again!

Just to tell you that now that I had a time to think, I'm even more happy with you.

Aí escrevi um pouco mais contando que estava indo viajar e que se eles mandassem email (na sexta) eu responderia só na segunda... Eles responderam que adoraram também, e que era pra eu "please stay in touch!" ...

A hora da verdade

Bom, depois de toda essa melação, chega a hora da verdade! É aquela hora em que você DEVE (perceba o caps, o itálico e o negrito, denotando a importância da ação) mandar uma lista com todas as suas perguntas e dúvidas para os hosts... Mas não precisa mandar um questionário numerado... manda como se fosse uma conversa:

 Well, I have a list of questions for you, it is strange to ask some things but I know (and hope you understand) it is necessary.

Aí mandei a lista... ATENÇÃO: eu mandei umas 18 perguntas: as primeiras foram TODAS sobre o baby, mostrando meu interesse (cof cof cof), depois sobre os hosts e seus hobbies e só no final eu perguntei sobre tempo off, sobre minhas tarefas com a casa (comida, arrumação, laundry) e sobre meu tempo pra estudar... 

Eles me responderam tudo detalhadamente, e mesmo assim mandei outro email depois, dessa vez com mais dúvidas sobre mim. Nesse meio tempo marcamos outro skype e saiu o match *-* (e depois novamente mandei um email contando como gostei do skype)

Depois do match

Agora é só alegria né? O pior já passou... mas acontece que a comunicação fica bem estranha depois disso... você já tirou suas dúvidas, já está tudo certo, então conversar sobre o que??? Bom, eu sempre mando email perguntando do baby e contando algo cotidiano da minha vida... e eles fazem o mesmo..Começou horário de verão? Mandei email... Marquei o visto? Mandei email... Sandy passou por perto deles? Mandei email perguntando se estava tudo bem... Chegou halloween? Mandei email... e assim vai. Não marcamos outro skype porque meu host está em Ohio e a host tá na California trabalhando,  e eles gostam de fazer o skype juntos <3  Uma coisa legal é que eles me mandam fotos, perguntam sobre minha vida e sempre dizem que mal podem esperar pra me conhecer!

E se eu não gostei da família?

Bom, eu acho que aquela primeira mensagem sempre é válida...mesmo que morem na fazenda com 7 filhos... vai saber se eles não tem um vizinho ou parente procurando aupair também? Aí depois de tirar as dúvidas e quem sabe até fazer um skype, você manda um email dizendo educadamente que acha que vocês não seriam um bom match, que eles são uma família linda mas você está buscando outra coisa, e que certamente eles encontrarão uma aupair ótima, inclusive pode indicar alguma amiga sua que se interesse!

E é isso girls, espero que esse post tenha ajudado quem está no mesmo barco que eu...

AH! Dia 11 de Dezembro vou tirar o visto! Aguardo seus pensamentos positivos pra que eu venha aqui com uma notícia muito feliz :D

See you

Pam

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

A vida depois do Match

Eu pensava que depois do match minha vida seria uma correria sem fim... mas não. Pensei que seria uma coisa louca de visto, exames, falar com a família, arrumar as malas e ir... mas tudo está bem parado. E isso está me deixando MUITO agoniada!


Não consigo marcar meu visto porque ainda não abriu a data que eu quero... e inclusive está ficando em cima do prazo... não aguento mais essa espera! Ainda não tive tempo de pedir a PID e fazer o teste de tuberculina que a CC exige... então basicamente nada ocorreu na minha vida... Estou louca pra arrumar as malas, me desfazer das roupas que não quero mais... pra que tudo vire uma correria porque eu estou indo passar 1 ano em outro país, e simplesmente NADA acontece!

facilita aí, Tio Sam!

A dica pra quem fez match agora é: tire o visto o quanto antes, porque ninguém merece ficar nessa incerteza. Eu realmente não posso tirar esse mês por causa do trabalho, moro longe de São Paulo e seria muito complicado ir, mas se você mora perto ou tem disponibilidade, agende o mais rápido que puder! E aí logo você volta pra casa pra arrumar as suas malas e a sua vida.

Continuo em contato com minha family, thanks god que continuo adorando eles, e eles super atenciosos. Eu morria de medo de depois do match as coisas mudarem, sei lá... então pelo menos isso está tranquilo.

Então aqui vai uma lista do que estou conseguindo fazer por enquanto:

  • Assistindo filmes tristes sobre o fim do mundo (IMPORTANTE: não faça isso)
  • Listando os remédios que precisarei 
  • Listando as roupas que precisarei
  • Listando o que eu quero no kit unha
  • Listando pergunta possíveis pro visto
  • Trabalhando DEMAIS (IMPORTANTE: faça o possível pra não ter que fazer isso)
  • Pedindo as coisas que listei de presente de natal (a vida de aupoor começa antes do que você imagina...)
Ahhh e eu tenho uma novidade (uma pra salvar a pátria)!!! Agora eu faço parte do Wall Pair, olha que chique! E logo logo tem post meu por lá, na quarta-feira, não percam!

Espero voltar logo com notícias do visto

See you :)

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

My Future Host Family

Sensação boa essa depois do match hein? Nada de correria pra achar família, nada de desespero com o F5, nada daquele sentimento de "ninguém me quer". Só entrar no login e ver isso:


Claro que ainda pairam muitas incertezas... o visto (aiaiai), o contato com a família (fico meio desesperada esperando email deles!), mas saber que já passou todo o processo de preencher APP, de organizar documentos, de rezar pra aparecer uma host family boa, nossa, nem parece verdade!

Meu próximo passo é o visto, que ainda não consegui marcar... mas por enquanto não estou tãaao nervosa com isso, ainda parece um tanto distante. Enquanto isso vou contar um pouquinho mais sobre:

MY FUTURE HOST FAMILY

Minha família é assim: mãe cientista, pai cientista e baby de 1 ano! Serei a primeira aupair :)



Eles estão morando em Ohio, mas se mudarão para Ventura/CA em Janeiro, e eu chegarei na casa deles em 01/Fevereiro, portanto ainda não sei como é a casa (nem eles), mas eles me contaram como são as casas que estão visitando: todas tem 4 quartos e 3 banheiros (sendo um da aupair).

O baby é coisa mais amada! Ficou presente durante todos os 50 min. do último skype, subindo nos pais, comendo, tomando água todo bonitinho, batendo palminha, sorrindo pra mim! Parece bem calminho e qualquer coisa deixa ele feliz e distraído! hahaha

Os pais trabalham bastante, mas ainda não sabem qual vai ser o horário do host no novo emprego, portanto ainda não sei meu schedule, mas eles garantiram que vai ser fixo, com 1 noite por semana flexível, mas que sempre avisarão antes. Também falaram que tudo vai depender dos meus cursos, que são prioridade *lágrimas de alegria* ... 

Meus host já morou em 3 países diferentes (incluindo Brasil!) quando era criança, e viajou por vários outros. A host é americana mas de família Lituana (eu acho) e também já viajou o mundo todo... Ah! Ela também já hospedou um estudante da Turquia que não falava nada de inglês, por isso ela disse que esperava menos de mim, mas achou meu inglês ótimo! hahaha... Outra coisa: quando namoravam, eles passaram 1 ano longe um do outro... por tudo isso acho que eles me ajudarão muito! São muito interessados na minha cultura e em compartilhar a cultura deles comigo, disseram que entendem bem como é morar em outro país, estar num ambiente diferente, disseram que sabem o que é sentir-se homesick e me ajudarão se isso acontecer!

Os hosts também disseram que me querem como parte da família, que mesmo depois que eu ir embora querem manter contato... que eu sou convidada a jantar, sair e viajar com eles sempre, assim como fizeram com eles quando moraram em outros países (vamos ver... mas to acreditando!!)

Sobre os benefícios: terei quarto com banheiro, meu schedule aparentemente será tranquilo, o baby irá 3 vezes na semana na daycare ( a host acha importante pra ele, e a aupair adoooora hahaha), não tenho curfew, poderei aproveitar viagens com eles (nunca moraram na Califa e querem explorar a região, detalhe: o host também pilota jatinhos!)... mas: não terei carro!

 É, nem tudo é perfeito cara aupair! No fundo isso me deixa tranquila: sou um 0 no volante. Só tirei carteira pra entrar no programa mesmo... nunca dirijo, não tenho carro aqui... no fundo eu estava apreensiva de ter que dirigir como parte do trabalho. Sei que muitas meninas tem o carro só no off mesmo, mas não dá de querer tudo né? Eu estou amando minha family... senti o feeling! 

DETALHE: Não feche sem carro se vc é boa motorista e sem pesquisar muito! se eu tivesse meu carro, ou fosse acostumada a dirigir faz tempo não faria isso, é um risco que EU escolhi correr. Mas eu pesquisei muito sobre a cidade (inclusive meus hosts queridos me mandaram todos os links sobre transporte público, e disseram que estão fazendo o máximo pra encontrar uma casa o mais perto possível do transporte!)... achei até uma aupair da Guatemala que mora lá e ela também não tem carro!!! Segundo ela é possível viver sem... ela pega o bus e vai no mall, vai estudar, entre outros lugares que eu vi nas fotos dela hahaha...

E tem mais uma: a host falou que estão pensando em comprar mais um carro! eu tenho esperança que no futuro, depois que tiverem confiança em mim, me liberem esse carro que vai ficar dando sopa nos weekends! Esperança é a última que morre né gente???


E é isso... essa é a minha future family. Aaaah não posso deixar de mencionar minha LCC! Troquei uns emails com ela que foi super atenciosa, e ELA FOI AUPAIR! Não é lindo? hahaha... ela foi aupair na Alemanha quando era beeeem novinha... e também participou daqueles grupos de paz e viveu no Ecuador e mais algum lugar que não lembro... hj ela tem 3 filhos e é LCC, ajudando as meninas que estão vivendo o que ela já viveu! Legal né? Eu achei! hahaha

See you soon!



domingo, 21 de outubro de 2012

I HAVE A MATCH

ou...Minha Host Family tem um MATCH comigo!

Sim, porque fui tecnicamente eu que fiz o match! Deixa eu explicar melhor...

Essa família entrou no meu APP no dia 09/10. Que emoção! Não fazia uma semana que eu estava online... postei aqui  como foi quando eles entraram...que eu estava tentando não me empolgar porque era só a primeira família. Fizemos um skype e eu gostei ainda mais deles! Mas ainda pensando: "calma Pamella... você tem muitas famílias pra ver ainda...". Eles foram muito simpáticos o tempo todo, a conversa foi muito legal e eles soltaram a frase: You are definitely on the top of our list! Nesta hora apesar da felicidade absurda eu falei que eles eram apenas a primeira família com quem eu falava! Eles ficaram surpresos e com a maior "gente boa-zisse" do mundo me pediram se eu queria que eles liberassem meu perfil. Eu morrendo de medo disse que sim, que eu queria falar com outras famílias. 

Nesse meio tempo a segunda família entrou no meu perfil, me mandaram uns emails e marcaram skype. Eram 3 kids e mãe stay at home = não né????. Mas eu ia fazer o skype, só pra ver... No fim eles sequer me adicionaram no skype e eu fiquei feito uma pata esperando e feliz também...

Passaram as 48h e a primeira família voltou pro meu perfil! Todo esse tempo eles foram me mandando emails e até foto do baby... e escreveram: "Vimos que seu perfil estava disponível e estamos com ele novamente. Entendemos totalmente se você ainda quiser falar com outras famílias, é só avisar que liberamos o perfil... mas você permanece no topo da nossa lista!". Ai que cute né, fala sério... Mas respondi dizendo que sim, eu gostaria de falar com outras famílias, isso foi de tarde.

A noite, depois de pensar muito neles e em toda a situação eu percebi que eu não queria falar com outra família! Eu queria eles... e que não era precipitação e sim sorte da minha família ter me achado já na primeira oportunidade.  Mandei um email pra eles dizendo tudo isso! Eles estavam esperando que eu dissesse sim logo... por isso basicamente fui eu que fiz o match com eles! ... No outro dia (17/10) eles me responderam dizendo que estavam muito felizes com o match comigo, e que na semana seguinte o host iria na agência finalizar as coisas. Eu fiquei tipo assim: Isso foi um match??? Porque não foi assim aquela coisa linda de no skype eles pedirem se eu queria ser a aupair deles e tal... foi essa conversa no email mesmo!



Por isso nem considerei o match final aquele dia... fiquei meio assim: vai que depois eles me falam que eu entendi errado???

Nesse tempo fomos trocando emails... e marcamos outro skype pra ontem (20/10). Esse skype foi a coisa mais cute das coisas cutes! Foi pelo Iphone do host, estavam eles sentados no chão e o baby tocando o terror! hahaha... o baby tava comendo e brincando por cima deles, escalando na mãe, dando sorrisos, batendo palminha pra mim *-* Conversamos sobre várias coisas, rimos muito, o baby se divertindo.... eles sempre dizendo o quanto gostaram de mim e como vamos share our culture! eles são muuuito interessados no intercâmbio em si, na troca de experiências, na questão cultural mesmo, e esse foi um dos motivos principais do nosso feeling! (de ambas as partes).

No fim do skype eu disse: Can I ask you just one more thing, I need to be sure... Do we have a match????
Eles riram comigo e falaram "Yes, we have a match! Nós vamos na agência segunda finalizar tudo!" E ficamos falando de quando eu chegar... que eles vão comprar móveis pro meu quarto, como vai ser quando forem no aeroporto me buscar e tudo mais...

E é isso! Califa, here I go! Vou morar em Ventura/CA, fica a 1 hora de LA. No próximo post contarei mais sobre minha host family!




See you :)

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Vídeo do APP - Dicas

O vídeo do APP é a parte mais difícil de todo o application, na minha opinião. Quando eu coloquei o meu a primeira família já estava no meu perfil... porque me enrolei bastante pra fazer :P

Eu tava bem sem ideias e quando essa família entrou pensei: preciso de um vídeo pra ontem! Aí fiz do jeito que deu, com uma cara de gripe, com o rosto horrível e o cabelo sujo. então, DICA 1: se arrume melhor do que eu! mas não use muita maquiagem tá, não deixe a host mom com inveja (mas tb não precisa deixar ela com pena, como eu fiz ahhahah).

Como eu já trabalho com crianças, há algum tempo eu já vinha filmando algumas atividades minhas com elas pra colocar no vídeo... achei bem legal e as families gostaram! DICA 2: invista em filmagem com criança... e melhor se não for uma coisa olhando pra camera, faça como uma coisa bem casual! Eu não coloquei NENHUMA foto no meu vídeo, mas várias filmagens...

Uma coisa que eu queria fazer melhor e não deu tempo foi a edição, fiz no VideoPad mas queria ter feito no MovieMaker, que eu entendo melhor... só que travou tudo e tive que fazer no videopad, como eu não sabia mexer, fiquei até as 4h da manhã fazendo e ainda ficou super pobrinho de edição! DICA 3: pesquise antes o editor que prefere usar, e aprenda a mexer... se possível pessa ajuda de alguém que entende! Mas eu acho que não é necessário ser uma coisa de cinema não, o meu tá simples e as families adoraram!

Eu também fiz um roteiro do que eu queria falar, errei MUITAS vezes mas fui em frente... no final editei os erros e deu no que deu... DICA 4: Faça um texto do que vc quer falar, mas NÃO decore! O seu inglês não  precisa ser perfeito, mas ficar lendo também não rola! tente sorrir e manter a calma... graças a deus vc pode editar tudo depois!

Além de aparecer falando e comas kids, eu queria um toque diferente, e aí eu tive a vergonhosa ideia de me filmar fazendo um barquinho de papel! Pra mostrar toda a minha criatividade (MUA HA HA pode rir). Mas as families gostaram tá? E foi lindo tirando a minha calça de pijama que aparece!!!!!!!!!!!!. DICA 5: procure algo a mais (se vc tiver mais tempo, algo melhor do que um barquinho)... pode ser vc dirigindo, fazendo algum craft, crochetando sei lá!


Ah, a música! Parte importante do vídeo. Escolha uma animada, tanto faz se infantil ou não. Se for em inglês pelamordedeus veja a tradução antes! Eu escolhi uma da Tiê porque adoro ela já faz anos, e essa música é especial pra mim, além de ser animada. Tinha pensado na do Toy Story, é legal também... e Palavra Cantada tem músicas infantis lindas e ótimas para a situação. DICA 6: não esqueça de deixar a música só, solamente, quando estiver mostrando outros vídeos! Enquanto vc fala, sem música, por favor!

Acho que é isso... e agora segue o meu vídeo que eu, apesar dos pesares da edição, gostei! E as famílias também...Enjoy!


video


terça-feira, 16 de outubro de 2012

SKYPE: salvação ou perdição

Eu acho que o skype muda em 99% o que eu penso da família após ler o app. Pode ser pro lado bom ou ruim (o meu foi pro lado bom).


Conversei com a primeira família do meu app na sexta-feira, 12/10. Foi uma conversa de 40 minutos e super tranquila! Na verdade eu já havia conversado com outras 2 famílias pelo gap e vou contar minhas impressões de cada skype:

SKYPE 1: Com uma família da Austrália (quase fui pra lá, história para outro post). Trocamos uns 4 emails antes do skype. Durou uns 50 minutos. Minhas impressões: aquilo era tão novo pra eles quanto pra mim. Não sabiam o que perguntar e falaram coisas aleatórias, demos muita risada (eu então que não entendia nada hahaha). O menino de 4 anos apareceu e eu travei totalmente, disse qualquer coisa e ele saiu. O casal parecia se dar muito bem, estavam meio abraçados, e muito preocupados com os filhos. Ele saiu pra brincar com o menino e deu um beijo nela (owwwn). Eu ria o tempo todo, pedia pra repetir, fazia piada com o que eu não entendia... Resultado: eles queriam match! não deu né, porque né.

SKYPE 2: Família da CA (não lembro a cidade). Eles estavam com meu perfil do gap impresso na mão. TENSO. Era o casal também, e ficavam perguntando coisas que estavam no meu perfil (graças a deus era tudo verdade e não me enrolei pra responder). A mãe pelo jeito mandava mais que o pai. Eram cheios de regras, mas simpáticos. As crianças apareceram (2 e 4 anos) e ficaram enchendo o saco brincando com uns bichos de plástico na frente da tela enquanto a mãe falava. Eu ia respondendo e ao mesmo tempo falando "Olha! estou vendo uma girafinha! Eu gosto de girafinhas! blablabla"... Foram uns 40 minutos assim...eu pedi pra kid me mostrar os brinquedos.... foi legal e eles entrariam na agência por mim (mas eu nem queria só estava testando mesmo). Resultado: eles queriam o match! depois mandei um email dizendo que não daria pq mudei a minha data da viagem. 3 MESES DEPOIS eles mandam um email novamente pedindo se por favor eu ainda estava disponível porque eles ainda me queriam! Não deu né.

SKYPE 3: Nervosismo a mil! Essa era a família mais "real" porque foi pela CC. Estava o casal. Muito descontraídos, um completava a fala do outro... também pedi muito pra repetir... eles disseram que meu inglês era bom e eu disse: eu não acho! mas se vocês acham vou considerar isso! Eles riram...(YES 1 point). Ele me fazia algumas perguntas, tipo: o que você vai fazer com o baby durante o dia? E eu: brincar (sério?????), levar ele pra grama blablabla. Os hosts: Grama foi um bom exemplo!!! (YES 2 points). Eu fiquei fazendo umas piadinhas o tempo todo tipo "Oh my god, I don't know if this thing has an english name" (falando das comidas) e eles achavam muito engraçado (YES 3 points). Contei que meu namorado é vegetariano mas eu não o host: Just like us! she is veggie but I am not! *-* (YES I WIN) #TODOSCHORADEEMOSSAUM# ... fui percebendo o que eles gostavam e dizendo: legal, na minha família é assim também! Resultado: talvez saia um match!



Essa semana terei mais um skype com uma situação bem diferente... venho contar aqui!

Minhas dicas:

  • Sorria mas não no modo "sorria e acene". Se não entendeu diga na cara de pau: "Oh I didn't understand! Can you repeat? 
  • Faça umas piadinhas se perceber que eles não são sérios, eu fiz várias. durma com o bozo!
  • Esteja pronta pra mudar o tom! No último eles perguntaram o que eu faria se o baby comesse grama. Eu disse que explicaria que não pode colocar na boca, que ele não pode. (e fiz uma piadinha tipo: eu sei q ele nao vai entender, mas vou aprimorar meu baby talk!) e eles disseram que eles gostam que o baby coloque as coisas na boca (aham, aham, isso mesmo). Mudei o tom totalmente! Disse: Nossa, isso é ótimo! Pra minha família isso também é importante, então vou deixar ele por, que bom!
  • Não esqueça de perguntar das crianças.... os meus desviavam o assunto total! E volta e meia eu dizia; mas e o baby, eu queria saber o que ele gosta de comer (isso mostra que você está interessada!)
  • Preste atenção nas perguntas sobre você: tente medir o quanto de interesse eles tem em você pessoalmente e não só profissionalmente. Nos meus skypes eles perguntaram sobre o Brasil, sobre o que eu gosto de fazer, se eu me sentiria a vontade passeando com eles... muitas perguntas focadas em MIM e não em como eu cuido da criança.
  • DICA MASTER: grave a conversa! tem uns programinhas pra gravar no skype mesmo não sei usar,  mas eu gravei com meu celular! Assim tenho a "prova" do que eles me falaram, além de poder ouvir como eu fui idiota em várias respostas e sofrer muita vergonha alheia por mim mesma! hahahahah. E também reafirmar mais uma vez o quanto eles são legais ou não.
A seguir, cenas do próximo capítulo: o skype com a família que você não quer!

Beijos

Pam

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Família no perfil! O quê fazer?

AAAAAAAAAHHHHHHHHHHHH UMA FAMÍLIA!


É, essa é a primeira coisa que a gente faz, inevitavelmente. No meu caso gritei em pensamento, porque já era tarde quando abri o email e não deu pra virar aloka na hora :P

Só nesta segunda-feira é que achei meu perfil no site da CC. Gostei, mas nem me apeguei muito não. Trabalhei tranquila, pensei "não vou virar a maníaca do F5, deixa os dias passarem". Então ontem fui abrir meu email depois do trabalho, como de costume e lá estava: aupair host family match (ou algo assim).
Nossa, que sensação boa! Tipo: "Olha, eu não sou um lixo, alguém me ama!!!" hahaha. Corri ler o perfil da family e simplesmente adorei! Liguei pro namorado toda boba e ele até fez de conta que ficou feliz por mim! haahah... Mas ainda tô tentando manter os pés no chão, afinal, "legal" não é sinônimo de "perfeito".  Li, reli, me joguei no google,... 

Mandei a mensagem pra família tentando me conter. Resultado:

Por dentro: VOCÊS SÃO LINDOS, EU QUERO UM MATCH ME CONTRATA ME CONTRATAAAAAAAAA

Por fora: Hello family! I read you profile and I really liked the information about you. blablabla blablabla  skype blablabla Kind Regards, Pam

Isso foi ontem, hoje já recebi um email deles dizendo que adorariam um skype e marcamos! Logo venho contar como foi.

A primeira família no perfil é algo ótimo e ao mesmo tempo aterrorizante. E se eles forem A família? E se eu estiver fazendo besteira? E se tiverem famílias ainda melhores pela frente? 

É muito difícil esse momento... mas tenho certeza que o skype mudará a minha opinião em 90% pra melhor ou pior!


Primeira família - O quê fazer?

  • Leia cuidadosamente todas as partes do perfil. E releia - no mínimo umas 3 vezes! A primeira vez não vale porque é tanta empolgação que você não lembra de nada depois.
  • Joga tudo no google!  Nome dos hosts, cidade, etc... e depois disso se joga no grupo do Face também que opiniões pessoais são sempre válidas. 
  • Lembre-se dos requisitos que você sempre imaginou pra sua host family e coloque tudo na balança. Tem carro, banheiro, universidade perto, número de kids que você queria?
  • Na CC podemos enviar a mensagem pra família, não esqueça de utilizar isso ao seu favor!
  • Prepare-se para o skype, e antes dele releia mais uma vez todo o perfil da family, pra certificar que não ficou nenhuma dúvida.


See ya!


quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Tô ON, e agora?

Então aconteceu que fiquei on!



Na verdade nem estou muito eufórica com isso... tô bem tranquila, acho que a ficha não caiu. Antes eu tinha a impressão de que eu acharia minha família bem rápido... mas agora penso que se encontrar família lá pro fim de Novembro já estará bom. Entendi que como não sei nadar e tirei a cnh agora, as coisas não vão cair do céu assim...

Agora tô focando nos próximos passos...mas tô tããão enrolada e com tanta coisa pra fazer que só vou conseguir organizar tudo mesmo semana que vem.

Meus próximos passos serão:

  • Fazer o vídeo - já tenho as filmagens com kids, brincando, pulando, cantando... mas quero tirar umas fotos com um baby pra colocar, e falta me filmar falando (espero q não passe de 3 min)
  • Organizar lista de perguntas - melhor pensar nisso logo né? Eu sei o que preciso saber mas no calor da hora posso esquecer algo importante... melhor anotar!
  • Estudar respostas - eu já tive 2 skypes pelo GAP (falarei disso um dia) e eles foram bem diferentes e imprevisíveis. Tô precisando dar uma estudada, tem cada família louca né? Vai saber o que eles vão perguntar

Acho que isso é o que tenho que fazer de mais importante... e o resto é fiscalizar o email direto!


Dica da pré Aupair: Assinei o Netflix ( e to achando ótimo) e indico muito a série Parenthood (veja mais  aqui e aqui)

 Eu adoro a série, mas apesar de me apaixonar pelos personagens ela também me fez cair na real sobre como pode ser uma (ou vários tipos de) família americana. Conta a história de uma família com 4 irmãos, cada irmão tem filhos e cada um tem seus problemas. Percebi na série alguns "comportamentos típicos" que li nos grupos de Au Pair... e tô pensando melhor nas situações que talvez eu enfrente... como quando um pai descobre que a filha fuma maconha e fica feliz por ela ter contado (tá não ficou tão feliz mas a menina nem ficou de castigo!), ou a outra que é super rebelde e a mãe não faz nada realmente sério, o menino que tem síndromo de Asperger, a mãe que só trabalha e nunca tá com a filha... É bom ir se acostumando com esse tipo de situação, porque definitivamente não tô esperando um fairytale! (mas se vier beleza hahhaha).


Pam

domingo, 16 de setembro de 2012

Re-ficando On e o que mudou

Pois é, como toda aupair que se prese eu tive que mudar algumas coisinhas no meu app...

Mudança #1 - Foto do APP... postei aqui qual era a foto, mas  a CC pediu pra mudar por essa aqui >>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

Eu confesso que já adorava essa foto mas não usei porque achei que a resolução tava ruim... mas bem no fim ela só vai aparecer pequena mesmo né? Então tudo bem.

Mudança #2 - Tirar foto com namorado... Perguntei se não poderia deixar pelo menos essa, que acho bem simpática... mas ela disse que era melhor ficar sem e decidi não criar caso, afinal já tem uma pergunta específica sobre o namorado no app...

Mudança #3 - Adicionar mais referências. Eu já tinha mais de 4000 horas mas o meu agente pediu quem era o menino que aparecia em várias fotos (esse mesmo da foto aí do lado! sobrinho do namorado). Eu disse que não coloquei pq só cuidei dele beeem de vez em quando,mas ele disse que não tinha problema, que 50h que fosse já era uma experiência diferente e que as HF gostam disso. Bem no fim fui contar (cuido dele algumas vezes desde que nasceu, ele tá com 6) e não é que deu quase 1000h?

Mudança #4 - troquei mais 3 fotos (uma do namorado, essa do perfil q tirei do ábum e uma q eu tava sozinha) por fotos que estou com crianças: uma com gêmeos, outra eu brincando com meus aluninhos no pátio e outra brincando com fantoches, achei que ficou bem legal.

É isso galera! De novo dei o submit e de novo estou na espera...Vamos ver se dá tempo de ficar on em Setembro, aí sim terei coisa importante pra postar!


ATENÇÃO FUTURA AUPAIR: meu agente disse que fizeram um treinamento em Julho e que foram orientados a SEREM MUITO CHATOS COM AS FOTOS (foi mal o caps mas isso é sério!). Ele disse que gostou das minhas e comentou que muitas meninas dá de ver na cara que são crianças que elas  "pediram emprestadas" ou que a criança não está feliz na foto. Ele disse que é muito importante ter fotos das referências que você colocou... e fotos de você interagindo com a criança e não só fazendo pose. Acredito que as mesmas dicas servem pro vídeo! (que por sinal tentarei fazer semana que vem)


Beijo

Pam

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Teste CC e Ficando On

Voltei! Voltei de horas e horas de viagem e conversas e correrias... e essa saga está se tornando cada vez mais sólida! Devagarinho tudo está ganhando forma...

Agora vem aquela fase de contar e ter que desenhar por aí o que é que você vai fazer. Hoje uma aluninha veio me perguntar porque eu ia embora! Criança é ótimo,  você diz: "Vou fazer um intercâmbio, te mando um postal, feito?" E eles na maior alegria... e eu também, porque no fundo sei tão pouco quanto eles onde é que isso tudo vai parar.

Mas então... depois de 9 horas de ônibus e trânsito parado, cheguei em Itajaí no domingo a noite. Estava com o teste marcado para a segunda-feira a tarde, ok... tudo bem... Só que segunda de manhã eu estava ficando louca! Pensava nas perguntas e não saía nem um "I want to be an aupair because...." TENSO. Fui tomar um banho e fiquei pensando nas respostas... desisti de treinar e pensei: vou ser espontânea e pronto.

A Cultural Care tem representantes em Itajaí que trabalham no FISK, fui para lá, cheio de alunos chegando e eu com a maior cara de "Oi, sou do interior"... até que chegou a minha hora e... NÍVEL 6    =DDDD


Respondi poucas perguntas e tentei ser o mais natural possível, falar devagar e não me preocupar com erros mínimos, minha preocupação foi comunicar.  Também já fiz o teste de personalidade, super tranquilo!

Agora só falta entregar alguns papéis e finalmente ficar on, acredito que na última semana deste mês ou primeira do próximo! 


E para quem ainda fará o teste:

  • Não tente decorar cada resposta, mas tenha em mente o que você quer responder. Respondi sobre o filme infantil, eu tinha em mente que deveria falar sobre Toy Story e amizade, a partir disso falei bastante coisa!
  • Grave no celular as perguntas. Eu me gravei falando as perguntas, lia a pergunta e deixava uns 30-40 segundos... durante o banho fiquei ouvindo e foi ótimo, melhor do que decorar a resposta é ter certeza de que você entendeu a pergunta!
  • Não seja a louca da gramática. Lembre-se: você precisa se comunicar. Se você tentar reparar em cada the ou for ou to que faltar você pode se perder e acabar não dizendo nada. É óbvio que eles são importantes mas se você focar SÓ nisso vai deixar de lado o mais importante: a comunicação!
  • Sorria e mostre que você se sente confortável na conversa, seja descontraída. Sobre minha memória favorita de infância eu disse algo como: "Foi quando eu tinha 7 anos e fui buscar meu primeiro cachorrinho. Meu pai me deixou escolher, e ele era o mais gordinho e peludo... nossa foi uma bagunça porque ele chorava muito a noite, lembro de tudo... Ah, você acredita que ele ainda está vivo? Tá velhinho o coitado, mas está vivo!" ... meu entrevistador ficou rindo!
  • Se você nunca viu a pessoa que fará o teste com você antes (meu caso) seja simpática (e quem é que vai ser antipática? Por que estou dizendo isso???) e tente perceber o "estilo" da pessoa, se ela é mais séria ou se é mais descontraída, e adapte suas respostas, assim como você faz em qualquer conversa normal.
  • Desenrola a língua e se joga minha filha! Quando ia começar a entrevista eu fui logo falando outras coisas em inglês, pedi pra fechar a porta e tal tipo oi? tem barulho e quero me concentrar pra mostrar que minha conversação pode não ser perfeita, mas sou cara de pau e vou me virar nos States =P
Que post enorme! Hora de dormir....

Beijo

Pam


sexta-feira, 31 de agosto de 2012

APP 100% e Dicas

Depois de 8 meses é que veio o resultado!!!

É gente, meu app existe desde Janeiro. Mas por pura preguiça falta de tempo eu só terminei ele agora. Faltava a Letter, e eu fugindo de fazer ela. E agora ele está assim, todo bonitinho esperando eu clicar.

Porém hoje a tarde eu vou editar as referências, vou atrás da minha ex-chefa porque ela é minha principal referência com babies, então não posso deixar faltar, e quem sabe até consigo umas filmagens com babies lá! (A Caçadora de Bebês)

Para a foto do perfil, escolhi essa, porque não tenho nenhuma com criança que eu apareça bem:

E agora seguem algumas dicas para quem ainda está nesse processo:

  • Dúvida com as perguntas? No APP da CC tem um botãozinho de Ajuda,, clique e ele mostra as perguntas em português e até dicas de resposta. Ou você pode ligar e pedir para a agência te mandar uma versão, que eles mandam, e acredito que em outras agências também! (Agradecimentos especiais ao 0800 da CC <3 )
  • Escreva bastante. Mas tente escrever tudo num dia só, ou num fim de semana. Porque aí você não repete tanto, tá fresco na memória o que você escreveu nas outras perguntas. E também vá salvando o que você escreveu num documento separado. Cuidado com as horas nas referências, eu conferi muito bem várias vezes, porque eu trabalhava de manhã numa escola e de tarde em outra, então tive que explicar bem isso, porque como eu poderia ter trabalhado em 2 ao mesmo tempo, uma com bebê e outra com adolescente? Atente para isso!
  • Se você é cagona  insegura como eu, não tenha medo de pedir dicas para escolher as fotos. Pode ter coisas mínimas que você não percebeu! Nas 20 fotos minhas da CC 14 são com crianças, e uma era com um duende diabólico estranho que vou tirar. (Agradecimentos especiais Grupo Au Pair com Namorado <3 )
  • Tente ser sincera ao máximo. Assim, dentro do possível né. Eu contei que tenho namorado, que não sei nadar direito, e como quero um bebê fiquei o máximo de tempo falando de bebês.  E coloquei só 2 crianças, 3 só se forem pra escola direto. Talvez demore pra eu encontrar família, mas não tenho pressa, lembre-se: qualidade tem sim relação com a quantidade! É claro que existem exceções mas por enquanto não vou pagar para ver.
  • Pesquise blogs de outras Aupairs, vai ter muita informação sobre essa parte, leia vários e tire o que tem de melhor de cada um.

Acho que é isso galerê!  Eu não tive nenhuma dificuldade em responder, só a preguiça matadora mesmo, mas isso porque EU não tinha tanta pressa de viajar. Mas é sim possível responder tudinho em 2 dias, tranquilamente.

Ah, uma das perguntas que mais te preocupam é: Qual a sua visão sobre como se deve criar uma criança? (tá num é bem isso mas nesse sentido...). Eu respondi dizendo que a criança deve respeitar os adultos, deve ter disciplina, mas deve se divertir, interagir com outras crianças, deve sentir-se amada, e que deve ser ouvida porque o que ela diz também é importante (não vou ser assim na prática né, mas o importante nessa hora é impressionar), ela deve estar em um ambiente seguro, blablabla,  e mais umas coisas, não necessariamente nessa ordem.


Qualquer dúvida/sugestão/crítica estamos aí, pro que der e vieeer ...

Beijo

domingo, 26 de agosto de 2012

Here comes the sun! [again]

Again??

É isso mesmo... esse blog já chegou a existir com umas postagens perdidas...Maaas agora it is back! E vai trazer muito mais informação...

Então para começo de conversa vou me apresentar: Sou a Pam, formada em Letras e professora de inglês. Decidi ser aupair porquê amo minha profissão mas pre-ci-so de um inglês fluente para valer a pena! E como o dinheiro é curto... o aupair pareceu uma boa opção. Eu tenho mais de 8000 horas de experiência com crianças, inclusive under2, por isso venho aqui compartilhar com vocês um pouquinho do que aprendi nesses anos e também o andamento do meu processo.

Li muita coisa sobre o programa desde o ano passado e com isso aprendi muita coisa, analisei muita coisa e tive muitas pré-experiências. Aqui no blog eu vou falar de alguns clichês necessários: escolha de agência, horas com kids, blablabla... e o que mais for acontecendo!

No momento estou preenchendo o APP e pretendo ficar on na metade de Setembro.

até logo ;)